| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Opinião Curitiba
Desde: 20/03/2009      Publicadas: 5719      Atualização: 25/09/2017

Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo


 Segurança

  27/04/2017
  0 comentário(s)


Lombadas eletrônicas passam por readequação de tecnologia

Apesar de boato que circulou nas redes sociais, lombadas eletrônicas seguem multando apenas excesso de velocidade

Lombadas eletrônicas passam por readequação de tecnologia

Em 19 endereços da cidade as lombadas eletrônicas da prefeitura já estão operando com um novo sistema de informática, com câmeras digitais, ao invés das antigas analógicas, para aumentar a qualidade das imagens. Desde janeiro, vem sendo feita a atualização de tecnologia e manutenção de 30 lombadas eletrônicas da cidade.

Além das 19 que já voltaram a operar, outras dez ainda precisam ser aferidas pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná (Ipem), órgão credenciado junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Um equipamento ainda precisa ter a adequação da sinalização vertical para começar a operar. Até o fim do mês todas as 30 lombadas eletrônicas estarão operando normalmente.

Além da atualização do sistema de informática, toda a parte externa do equipamento passa por recuperação e manutenção, preventiva e corretiva. Uma nova pintura é feita e as partes danificadas são substituídas. O investimento da Prefeitura é de R$ 123,9 mil na atualização e recuperação dos equipamentos.

Boatos
Nos últimos dias circulou em redes sociais e no aplicativo de mensagens WhatsApp a informação que as lombadas eletrônicas, após passarem por esta atualização de software, passariam a multar os motoristas que estivessem sem cinto de segurança ou falando ao celular.

O coordenador de Fiscalização Eletrônica da Setran, Marcio Geferson de Souza, explica que essas informações são falsas. As lombadas eletrônicas vão continuar apenas multando por excesso de velocidade, ou seja, quem ultrapassar os 40 km/h.

“Somente agentes de trânsito ou policiais de trânsito podem multar quem está circulando sem cinto ou falando ao celular. Lombadas eletrônicas e radares multam somente com fotografias, por excesso de velocidade”, explicou Souza.

Todas as lombadas eletrônicas possuem infravermelho, para que a fiscalização também possa ser feita à noite. “Os equipamentos estão instalados em locais com grande demanda de pedestres, como postos de saúde, escolas ou hospitais. A fiscalização continua sendo apenas por excesso de velocidade”, definiu Souza.

Já existem duas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contram) que regulamentam multas por videomonitoramento, mas não há previsão desta modalidade ser implantada em Curitiba.

  Autor:   Da Redação


  Mais notícias da seção Abril 2017 no caderno Segurança
27/04/2017 - Abril 2017 - Prefeituras da RMC querem integrar GMs
Um protocolo de intenções para formação de um consórcio público para a integração das guardas municipais da capital e nove municípios da Região Metropolitana foi assinado este mês...



Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo
Busca em

  
5719 Notícias