| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Opinião Curitiba
Desde: 20/03/2009      Publicadas: 5719      Atualização: 25/09/2017

Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo


 Jogo Rápido

  06/03/2017
  0 comentário(s)


Radicalismo não leva a nada

Por Zé Domingos

Desde menino ouço que unanimidade é burra e tive a comprovação disto num sem número de situações. Se a unanimidade é burra, o radicalismo é burro, inaceitável, bem como o ódio. A birra é outra condição vergonhosa. Mas, seguidamente nos deparamos com intransigências que se enquadram nestes quadros.

Há homens e mulheres que desconhecem o diálogo, a conversa, a troca de ideias e procuram impor com qualquer custo as suas opiniões e com isto geram discórdias que levam a resultados altamente negativos. Com senso, diálogo, conversa se chega a conclusões normalmente com resultados positivos.

De uns tempos para cá observamos o Brasil passando por desafios que parecem intransponíveis e acompanhando-os constata-se que com entendimento poderiam ser superados. Ocorre que por interesses políticos e posições radicais impossibilitam acordos que poderiam encaminhar o país para melhores dias. O ódio é chocante e lamentavelmente muitas pessoas o carregam e não medem consequências para coloca-lo em prática.

Os episódios relacionados a não realização recentemente do clássico ATLETIBA enquadram tudo isto. Se houvesse boa vontade, diálogo e conversa tudo seria resolvido e o Paraná através o seu futebol não passaria o vexame que enfrentou nacional e internacionalmente.

Por tudo que ouvi conclui que tudo aconteceu por birra, nada mais do que isso. A expectativa é que esta situação sirva como exemplo para abrir mentes e caminhos para que o diálogo seja ponto de partida para tudo.

Vergonha na UFPR
Não poderia encerrar estas linhas sem lamentar o ocorrido na Universidade Federal do Paraná um orgulho para os paranaenses e em face à ambição, à desonestidade de funcionários desavergonhados, vidas tortas surgiu em destaque negativo. O desvio de mais de sete milhões de reais destinados a pesquisas que resultariam artigos científicos sobre diferentes temas simplesmente foram roubados. Triste, lamentável e vergonhoso.

  Autor:   Da Redação


  Mais notícias da seção Março 2017 no caderno Jogo Rápido



Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo
Busca em

  
5719 Notícias