| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Opinião Curitiba
Desde: 20/03/2009      Publicadas: 5719      Atualização: 25/09/2017

Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo


 Jogo Rápido

  24/10/2016
  0 comentário(s)


Promessas e mais promessas

De dois em dos anos os brasileiros são determinados a comparecer às urnas. Sim, determinados, pois o voto é obrigatório e aquele que não comparece é punido com multas e outras sanções. Especialmente aquele que é funcionário público ou tem ligações financeiras com as instituições governamentais.

E este cidadão no mesmo período é também obrigado a ouvir promessas as mais diversas por parte dos candidatos. Alguns mais arrojados ou despreparados sem conhecimento nenhum do que pode um político desenvolver nesta ou naquela função, se mostram como verdadeiros salvadores da pátria, dos estados e municípios.

Nos encaminhamentos destas eleições temos notado colocações que nos levam a conclusão de que os políticos brasileiros continuam os mesmos de sempre, pois prometem mundos e fundos sem saber dos recursos e das condições que terão à sua disposição em caso de vitória.

O importante é dizer "vou fazer e acontecer" como se o eleitorado acreditasse. Não que o brasileiro tenha aprendido a votar, mas, sim por já ter apanhado muito ele analisa as promessas e questiona de onde virão os recursos para tantas e tão importantes realizações que quase sempre ficam no jogo de palavras bonitas e mentirosas.

É sabido também que os prefeitos têm limitações em suas ações, pois, tudo tem que estar dentro do orçamento e os gastos são controlados e se desrespeitados resultam processos. Homens e mulheres capazes que poderiam ser significativos para o serviço público preferem hoje a iniciativa particular temendo ser alvos de processos em função de ações indevidas de políticos.

Não é mais como antigamente quando o prefeito resolvia pavimentar uma rua e no dia seguinte mandava executar a obra e pronto. Hoje tudo tem que estar "bem explicadinho" como colocava aquele humorista que fez muito sucesso na televisão. Por isto as nossas preocupações com anúncios dos candidatos de que caso eleitos farão isto, aquilo e aquele outro. Pelo anunciado transformarão a cidade do dia para a noite como num passe de mágica.

Será que os candidatos analisaram o que terão de recursos para cumprir tudo o que estão anunciando? Será que analisaram o que pregam as leis com relação a forma de administrar as coisas públicas, o orçamento ou simplesmente querem se mostrar os "bambans" para ganhar a preferência dos eleitores. A eleição está se aproximando e temos que decidir por este ou aquele, mas, o eleitor consciente certamente já se decidiu.

Agora é aguardar o resultado na expectativa de que Curitiba tenha uma administração moderna, dinâmica, atuante é que a faça "sorrir novamente" para justificar ser chamada de "cidade sorriso", o que tanto nos orgulha e nos faz felizes.
  Autor:   Da Redação





Capa |  Cidade  |  Conhecendo o Seu Bairro  |  Editorial  |  Educação  |  Espaço Cultural  |  Especial  |  Esporte  |  Estadual  |  Gastronomia  |  Geral  |  Jogo Rápido  |  Jurídica  |  Leia Mais  |  Local  |  Moda Estética & Beleza  |  Momento de Fé  |  Nacional  |  Opinião  |  Opinião Social  |  Passando a limpo  |  Recordar é Viver  |  Saúde  |  Segurança  |  Turismo
Busca em

  
5719 Notícias